ABFA

Oposição na Fiesp questiona Josué por valores a Coutinho e a ex-secretário de Cabral

Caso a destituição de Josué Gomes da presidência da Fiesp se consume, o que ainda está em discussão, ele terá que explicar o pagamento à empresa do ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho, atualmente chefe do Conselho de Micro e Pequena Empresa da entidade. Os adversários do empresário afirmam que o cargo de conselheiro não é remunerado e, por isso, querem saber por que o comitê contratou a empresa dele por R$ 270 mil. Eles também questionam a contratação de Wilson Risolia, que foi secretário de Educação do Rio na gestão Sergio Cabral. Ele é diretor Corporativo e de Estratégias Educacionais e, segundo opositores, ganha R$ 92 mil, quase o dobro do que recebe o diretor-regional no Senai-SP, em teoria um posto superior.

• ROUPA… O tema foi levado à discussão na assembleia com Josué na última segunda (16), mas os adversários afirmam que ele não convenceu. “Josué só disse que não contratou o Luciano, mas a empresa dele”, disse um dos presentes, sob reserva. A defesa do empresário afirma se tratar de uma questão irrelevante, usada como motivo para escamotear a verdadeira intenção de afastá-lo.

• …SUJA. Sobre Risolia, Josué argumentou aos colegas que o executivo tem “reputação ilibada, vasto currículo, além do notório conhecimento das áreas financeira, empresarial e educacional” e que toca um programa de reforço escolar para ajudar alunos pós-pandemia. Ele não tratou da diferença salarial.

• AMPULHETA. A expectativa dos opositores é que a ata da assembleia do dia 16 seja registrada na segunda, dando início ao afastamento. A defesa dele alega que a assembleia não é legítima.

• ROBÔ. Não é só Rodrigo Pacheco (PSD-MG) que está incomodado com a ofensiva bolsonarista nas redes sociais. Senadores tiveram seus números de celular expostos na internet e estão recebendo uma enxurrada de mensagens pressionando para votar contra Pacheco, com críticas e até ameaças.

• DRIBLE. Um dos mais cobrados é Romário (PL-RJ), que é aliado de Jair Bolsonaro mas já sinalizou que prefere Pacheco ao bolsonarista Rogério Marinho (PL-RN). Ele diz não dar bola para as mensagens: “Parabéns para eles. Eu sou romarista”.

• PAUTA. Os bolsonaristas Bia Kicis, Carla Zambelli e Sóstenes Cavalcante, além do senador Eduardo Girão, viajaram a Washington (EUA) para marcha contra o aborto na capital americana nesta sexta (20). O ato é convocado por conservadores e tem o apoio do Partido Republicano de Donald Trump.

• LAÇOS. Na viagem que fará à Argentina na próxima semana, Lula deverá ter encontros bilaterais com presidentes que não estiveram em Brasília para a posse. Além do venezuelano Nicolás Maduro, está previsto que Lula fale separadamente com Miguel Díaz-Canel, de Cuba. Em ambos os casos, o brasileiro tem a intenção de restabelecer a relação diplomática cortada sob Jair Bolsonaro.

• LAÇOS 2. Com a Argentina, a expectativa é que Lula assine memorandos de entendimento para projetos nas áreas de energia, saúde e economia.

FONTE: https://digital.estadao.com.br/o-estado-de-s-paulo/20230120/page/2/textview